Gestão de identidades: governança que veio para ficar

Data: 08/07/2022 | Por: Equipe CAP Platform | Em: Access Management | Página inicial > Gestão de identidades: governança que veio para ficar

Gestão de identidades: governança que veio para ficar

A Gestão de identidades e acessos, também conhecida por IAM, tem sido cada vez mais buscada e tem sido muito importante nos esforços de gerenciamento de qualquer organização.

Como os negócios digitais dependem muito da segurança e privacidade, a governança de identidades são, mais do que nunca, uma base essencial do ecossistema de negócios de uma organização.

Não é à toa. As empresas investiram muito tempo e dinheiro para garantir que os funcionários remotos pudessem acessar aplicativos e dados de qualquer dispositivo a qualquer momento.

Independentemente desses dados residirem no data center local da organização ou na nuvem.

O trabalho remoto teve que acontecer de uma forma muito rápida depois do início da pandemia e muita coisa precisou mudar em pouco tempo.

Embora tenha sido um avanço para a transformação digital, acarretou também no aumento da vulnerabilidade de dados.

Portanto, hackers acabaram aproveitando o momento e o número de tentativa de golpes aumentou cerca de 50% em 2021, de acordo com pesquisa feita pela Check Point no início de 2022.

Receba nosso conteúdo por email

Conecte-se e esteja atualizado, sempre!

Importância da Gestão de identidades e no que ficar de olho

A Gestão de Identidade é uma parte essencial da segurança geral de TI que gerencia identidades digitais e acesso de usuários a dados, sistemas e recursos dentro de uma organização.

 

Como é o passo a passo do processo e Gestão e Governança de Identidades.

Como é o passo a passo do processo e Gestão e Governança de Identidades.

 

Sua segurança inclui as políticas, programas e tecnologias que reduzem os riscos de acesso relacionados à identidade em uma empresa.

É o que permite que as pessoas certas acessem os recursos certos nos momentos certos e pelos motivos certos.

Prevê-se que o mercado de Governança e gestão de identidades seja avaliado em US$ 6,7 bilhões em 2022 e projetado para atingir US$ 23,9 bilhões em 2032, de acordo com a Future Market Insights.

Diferença de IAM e IGA

Enquanto IAM é o mesmo que Identity and Access Management, ou Gestão de Identidade e Acesos, IGA é Identity Governance and Administration, ou Governança e Administração de Identidades.

Qual a diferença na prática?

O IGA é definido pelo Gartner como uma “atividade dentro da função de gestão de Identidades e Acesso que diz respeito à governança e administração de uma representação digital exclusiva de um usuário, incluindo todos os atributos e direitos associados”.

O IGA, portanto, oferece às organizações maior visibilidade das identidades e, mediante isso, acesso e revogação de acesso dos usuários, para que possam gerenciar melhor quem tem acesso a quais sistemas e quando – além que os concedeu.

 

Benefícios da Gestão de Identidades e Acessos

Há vários benefícios na implementação de um sistema IGA, desde a prevenção de violações até a redução da sobrecarga de TI.

O CAP Access Management é um sistema robusto e low code que pode trazer os seguintes benefícios para sua empresa:

  1. Prevenir fraudes e violações

Com o CAP, é possível controlar e auditar a concessão e a revogação de acessos com histórico – incluindo o processo de aprovações, certificando quem e quando autorizou aquela permissão.

Por exemplo: um colaborador é contratado e precisa de acesso ao sistema de CRM da empresa. Então, o processo de aprovação desse login produz um histórico das pessoas que participaram da aprovação e quem, efetivamente, aprovou o acesso.

Dessa forma, cria-se um relatório de Gestão de Identidades que mostra quais são os sistemas que cada identidade possui acesso e quem concedeu a permissão a cada sistema.

Quando o colaborador passa a não fazer mais parte do quadro de funcionários, com facilidade revogam-se os acessos permitidos à sua identidade organizacional.

Portanto, certificamos que o usuário tenha permissão para acessar as informações da empresa somente enquanto faz parte do quadro de funcionários ou presta serviço para a empresa – assim, prevenimos fraudes e violações.

  1. Limitação de acessos por perfil

O IGA torna mais fácil acompanhar as funções do usuário e autorizações anteriores e alterar essas funções à medida que os funcionários são promovidos ou demitidos.

O CAP Access Management também integra sua infraestrutura de autenticação com governança de identidade, para que suas políticas de segurança de dados sejam facilmente controladas.

Então, a pessoa certa terá o dado certo no momento certo de forma automatizada e segura.

  1. Conformidade com a LGPD

A LGPD atua com cuidado na proteção de dados de usuários, sendo rigorosa dentro das empresas com a forma que essas informações são utilizadas e manuseadas.

Ter um sistema de Gestão de Identidades e Acessos pode te ajudar a manter todas as credenciais do usuário, informações de login e senhas em um só lugar para otimizar seus esforços de monitoramento.

Além disso, o CAP Access Management atende aos requisitos de segurança, privacidade e conformidade, trazendo menos riscos para sua empresa e seus clientes.

Somos compliance com a ISO 27001 – norma internacional de gestão de segurança da informação que garante disponibilidade, confidencialidade e integridade de dados.

  1. Aumento do ROI

De acordo com o Gartner, o retorno sobre investimento (ROI) esperado de uma empresa com Gestão de Identidades e Acessos com cerca de 10.000 funcionários, ao adotar um sistema de gestão de acessos, pode chegar a 300%.

 

Quer saber mais como aplicar o CAP Access Management na sua empresa ter resultados surpreendentes? Entre em contato com a gente.

Compartilhe este artigo

Novidades por email

Conecte-se e esteja atualizado, sempre!